segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Poema e poesia


Hoje quero apenas compartilhar um lindo poema que eu amava quando era criança, cheguei até a declamar em apresentação escolar. Chama-se O último andar, da querida Cecília Meireles, uma das minhas autoras preferidas na infância.
Gosto dele pois ele me faz pensar nos sonhos e expectativas da vida, e como estou num momento reflexivo ele me veio a memória.

Com vocês:

O último andar

                                                                    
No último andar é mais bonito:
do último andar se vê o mar.
É lá que eu quero morar.

O último andar é muito longe:
custa-se muito a chegar.
Mas é lá que eu quero morar.

Todo o céu fica a noite inteira
sobre o último andar
É lá que eu quero morar.

Quando faz lua no terraço
fica todo o luar.
É lá que eu quero morar.

Os passarinhos lá se escondem
para ninguém os maltratar:
no último andar.

De lá se avista o mundo inteiro:
tudo parece perto, no ar.
É lá que eu quero morar:
no último andar.

Grande abraço,
Jaque

Um comentário :

Adriana Brazil disse...

Que lindo amiga!
Adorei a fotinha que vc colocou no post, nos faz viajar...
Gosto muito da Cecília também, li muitas coisas dela quando estava na escola.
bjs
Saudades